Ampliação do porto do Funchal após início das obras do novo hospital - Governo da Madeira

Funchal, Madeira, 16 mai 2019 (Lusa) - O Governo da Madeira garantiu hoje que, após o arranque das obras do novo Hospital Central do Funchal, seguir-se-ão os trabalhos de ampliação do porto do Funchal em 400 metros, sendo que atualmente a estrutura conta com 769 metros.

Segundo o Governo Regional, a ampliação do Molhe - Cais Exterior (Pontinha) está estimada em 100 milhões de euros.

"Depois do arranque da obra do hospital, nós vamos iniciar o processo de ampliação do Molhe da Pontinha, não só para segurança da zona baixa do Funchal, mas também para permitir a acostagem de navios maiores", anunciou o vice-presidente do executivo madeirense, Pedro Calado, na cerimónia de assinatura de um protocolo de cooperação técnica entre a Administração dos Portos da Madeira - APRAM e o Laboratório Regional de Engenharia Civil - LREC, que decorreu no Salão Nobre do Governo Regional, no Funchal.

Pedro Calado considerou "positiva" esta parceria, já que vai munir o Governo Regional de estudos científicos e técnicos que servirão para sustentar futuras decisões políticas.

O protocolo permite um trabalho partilhado entre as duas entidades e culmina com a recolha de um conjunto de informações técnicas, nomeadamente conhecer, com maior detalhe, a dinâmica do litoral e dos riscos em casos de aluviões e em condições climatéricas e marítimas adversas na baía do Funchal, bem como os seus efeitos em termos de infraestruturas marítimo-portuárias.

Ler mais

Exclusivos