Cinco pessoas desaparecidas em naufrágio de embarcação de pesca em Moçambique

Cinco pessoas estão desaparecidas na sequência do naufrágio de uma embarcação de pesca que ligava o Porto de Maputo e a ilha de Inhaca, ao largo da capital moçambicana, disse hoje à Lusa fonte oficial.

Lusa

"O barco saiu de Maputo sem a devida autorização e, devido ao mau tempo, a embarcação naufragou", disse Leonel Muchina, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) na cidade de Maputo.

De acordo com o porta-voz da PRM, as autoridades moçambicanas conseguiram resgatar cinco pessoas com vida durante o dia de hoje, estando as operações de resgate ainda em curso.

"As primeiras impressões que tivemos mostram que os pescadores foram negligentes ao optar por fazerem-se ao mar sem a devida autorização. Se as autoridades tivessem tomado conhecimento não teriam permitido porque o tempo não era bom", frisou o porta-voz da PRM.

Além da embarcação que naufragou, na mesma madrugada um outro barco fez-se ao mar, mas este conseguiu chegar à ilha de Inhaca.

Situada à entrada da baía de Maputo, no sul de Moçambique, Inhaca é um dos principais pontos turísticos da província, mas a ligação entre a ilha e a cidade é ainda deficitária, devido à existência de poucos barcos que fazem o trajeto.