FAO promove formação em extensão agrária na província moçambicana de Manica

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) promove hoje e sexta-feira, no distrito de Gondola, província de Manica, centro de Moçambique uma formação sobre metodologia de extensão agrária, indica uma nota daquele organismo.

Em comunicado de imprensa, a FAO refere que a formação será sobre uma metodologia designada "Escola na Machamba do Camponês (EMC)".

O referido modelo assenta no ensino de boas práticas nos setores da agricultura, pecuária e silvicultura e vai juntar técnicos de extensão agrária de todo o país.

A ação enquadra-se nos esforços da FAO e do Governo moçambicano para o incremento e melhoria de produtos e serviços nos setores da agricultura, florestas e pescas, de forma sustentável.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.