Britânico Jonathan Albon conquista título mundial de 'trail', Hélio Fumo 10.º

Miranda do Corvo, Coimbra, 08 jun 2019 (Lusa) -- O britânico Jonathan Albon conquistou hoje o título mundial de 'trail running', ao chegar isolado à meta, em Miranda do Corvo, onde Hélio Fumo foi o melhor português, com o 10.º lugar.

Jonathan Albon, atual campeão do mundo de ultramaratonas de 'skyrunning' [corridas acima dos 2.000 metros de altitude] de 30 anos, concluiu os 44 quilómetros dos Trilhos dos Abutres em 3:35.34 horas, menos 2.13 minutos do que o francês Julien Rancon.

"Este percurso é verdadeiramente espetacular, nem contava quantos quilómetros faltavam, porque estava a ser tão divertido correr, gosto imenso de Portugal. Tentei um ritmo forte desde o início, ia ganhar ou rebentar... e ganhei. E estou muito feliz por isso, de tal forma que nem consigo escolher se é melhor ou mais importante este título ou o de 'skyrunning'", afirmou Albon.

O suíço Christian Mathys, que liderou durante grande parte da corrida, terminou na terceira posição, a cinco minutos do novo campeão do mundo.

Hélio Fumo cruzou a meta na 10.ª posição, naquela que é a melhor classificação de sempre de um portugês na competição, a 12 minutos de Albon, que sucedeu no historial ao espanhol Luís Alberto Hernando, que tinha conquistado as últimas três edições do Mundial e hoje não foi além do 11.º posto, a 12.08 do vencedor.

"Queremos sempre um bocadinho mais, mas estamos a competir com os melhores do mundo. Fico feliz por ter melhorado a minha classificação [tinha sido 13.º em 2017, em Itália, e desistido em 2018, em Espanha]. Quando corremos pela seleção queremos conseguir uma boa classificação para dar uma alegria a Portugal, mas foi muito bom", reconheceu o português, de 35 anos.

Exclusivos