Atual presidente do Centro Hospitalar Lisboa Norte vai liderar novo hospital em Omã

Lisboa, 16 mai 2019 (Lusa) -- O atual presidente do Centro Hospitalar de Lisboa Norte vai liderar a comissão executiva do Hospital Idealmed que está a ser desenvolvido no Sultanato de Omã e que será inaugurado no primeiro semestre do próximo ano.

Um comunicado do Conselho de Administração do grupo Idealmed Global Healthcare Services, a que a agência teve acesso, dá conta de que Carlos Neves Martins "aceitou o convite para liderar a comissão executiva" de um hospital que está a ser projetado no Sultanato de Omã, cuja inauguração está prevista para o primeiro semestre de 2020.

O Idealmed Muscat Hospital, que foi "integralmente projetado em Portugal", está a ser desenvolvido pela Al Alfa Healthcare Development and Investment Company SAOC, que tem como acionistas o grupo Idealmed, a Suhail Bahwan Group e a Oman Brunei Investment Company.

Este grupo tem-se assumido como "um grupo de saúde com uma estratégia para toda a região do Golfo Pérsico e posicionando as suas unidades hospitalares como centros de referência e com estreita relação ao meio académico", refere o comunicado assinado pelo presidente do conselho de administração do grupo Idealmed, José Alexandre Cunha Ferreira, e datado de dia 15 de maio, quarta-feira.

Carlos Neves Martins é ainda o presidente da administração do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN), que integra o Santa Maria e o Pulido Valente, onde está há seis anos.

Terminou o seu segundo mandato no CHULN em dezembro, estando até ao momento a aguardar a sua substituição por parte da tutela.

Em meados de janeiro, Carlos Martins indicou à agência Lusa que foi informado de que iria ser substituído, o que não se verificou ainda nestes quatro meses que passaram.

"Encaro isto com naturalidade. Foram seis anos desta casa que vai marcar a minha vida para sempre e tenho o maior orgulho de ter servido esta instituição", afirmou na altura Carlos Martins à Lusa.

Até hoje de manhã não foi ainda nomeado substituto de Carlos Martins.

No comunicado a que a Lusa teve acesso, o grupo Idealmed recorda que Carlos Martins foi ainda secretário de Estado da Saúde e do Turismo e que "lidera desde 2013 com notável sucesso a administração do CHULN".

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.