Acidente/Madeira: Presidente de Cabo Verde transmitiu condolências a Marcelo

Lisboa, 18 abr 2019 (Lusa) - O Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, transmitiu condolências ao chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, e expressou solidariedade pelo acidente com um autocarro que provocou 29 mortos na Madeira na quarta-feira.

Jorge Carlos Fonseca, que é também presidente em exercício da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), transmitiu a Marcelo Rebelo de Sousa "sentidas condolências e solidariedade pelo terrível acidente de ontem na Madeira", lê-se numa nota divulgada no portal da Presidência da República na Internet.

Pelo menos 29 pessoas morreram no acidente com um autocarro que transportava turistas, alemães segundo as autoridades regionais, em Santa Cruz, na Madeira.

Uma das vítimas morreu no hospital central do Funchal, onde deram entrada 28 feridos, dois dos quais portugueses.

As vítimas mortais são 11 homens e 18 mulheres.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falou hoje com o seu homólogo alemão, Alemão, Frank-Walter Steinmeier, na sequência do acidente com um autocarro que provocou 29 mortos, e vai deslocar-se ao Funchal na sexta-feira.

Exclusivos

Premium

Nuno Severiano Teixeira

"O soldado Milhões é um símbolo da capacidade heroica" portuguesa

Entrevista a Nuno Severiano Teixeira, professor catedrático na Universidade Nova de Lisboa e antigo ministro da Defesa. O autor de The Portuguese at War, um livro agora editado exclusivamente em Inglaterra a pedido da Sussex Academic Press, fala da história militar do país e da evolução tremenda das nossas Forças Armadas desde a chegada da democracia.

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.