Acidente/Madeira: Concluídas autópsias e recolha de dados 'post mortem' das vítimas

Lisboa, 19 abr 2019 (Lusa) - O Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF) e a Polícia Judiciária concluíram hoje o trabalho de autópsia e recolha de dados 'post mortem' relativos às vítimas do acidente ocorrido na Madeira, indicou o Ministério da Justiça.

Em comunicado, o Ministério avança que se aguardam agora dados como impressões digitais e fichas dentárias por parte das autoridades alemãs, "processo sempre complexo nestas ocasiões, e que se perspetiva que venha a ocorrer durante o dia de amanhã [sábado]".

"Estes elementos são necessários para comparação e confirmação das identidades", lê-se no comunicado.

O acidente com um autocarro turístico ocorrido quarta-feira, no Caniço, concelho de Santa Cruz, provocou 29 mortos. Das 28 vítimas que deram entrada no hospital na sequência do acidente, 11 já tiveram alta, uma faleceu e 16 continuam internadas.

Dos 16 feridos que estão internados, 14 são de nacionalidade alemã e dois portugueses.

Um dos 14 turistas alemães feridos foi transferido hoje de manhã para a Alemanha e outros 12 sê-lo-ão no sábado.

De acordo com o médico Miguel Reis, adjunto da direção clínica do hospital do Funchal, em conferência de imprensa, "está tudo preparado" para que a transferência de 12 doentes para a Alemanha comece pelas 08:30 de sábado e termine cerca de duas horas depois.

O responsável adiantou ainda que "um dos feridos já foi hoje transferido" e um outro irá continuar internado em Portugal.

Exclusivos