Zelensky diz que é "repugnante" que ex-líderes europeus trabalhem para a Rússia

Comentários do presidente ucraniano terão visado o ex-chanceler alemão Gerhard Schroeder, a quem não se referiu diretamente.

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky disse que é "repugnante" que ex-líderes europeus trabalhem para a Rússia, numa aparente referência aos comentários do ex-chanceler alemão Gerhard Schröder de que o Kremlin queria uma "solução negociada" para a guerra.

O líder do país devastado pela guerra proferiu essas declarações durante o seu discurso diário na quarta-feira, após a publicação de uma entrevista na imprensa alemã na qual Schröder pediu negociações com o presidente russo, Vladimir Putin.

"A boa notícia é que o Kremlin quer um acordo negociado", disse o ex-chanceler de 78 anos, antecessor de Angela Merkel, após confirmar que se encontrou com Putin em Moscovo na semana passada.

Schröder também pediu a Berlim que reconsidere a sua posição sobre o gasoduto Nord Stream 2, que está concluído, mas foi bloqueado pelo governo alemão no período que antecedeu a invasão da Ucrânia.

"É simplesmente repugnante quando ex-líderes de estados poderosos com valores europeus trabalham para a Rússia, que está a lutar contra esses valores", disse Zelensky no discurso em vídeo, sem se referir diretamente a Schroeder.

A invasão da Ucrânia pela Rússia levou a uma enorme pressão pública na Alemanha para que Schroeder dê as costas a Putin e corte os seus laços com os gigantes da energia da Rússia.

O chanceler alemão Olaf Scholz, que tal como Schroeder é do Partido Social-Democrata, também instou repetidamente e publicamente o ex-líder a desistir das suas ligações à Rússia.

Em maio, o parlamento alemão decidiu retirar as regalias de Schroeder, incluindo um escritório e funcionários pagos concedidos que lhe foram concedidos como ex-chanceler.

Schroeder, chanceler da Alemanha entre 1998 a 2005, condenou a invasão da Ucrânia pela Rússia como injustificada, mas disse que o diálogo devia continuar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG