UE chama embaixador em Cuba. Quer saber porque escreveu a Biden a pedir fim de sanções

16 deputados europeus denunciaram Alberto Navarro e exigem a sua destituição..

A União Europeia chamou este sábado a Bruxelas o seu embaixador em Cuba para explicar o alegado pedido feito ao presidente dos Estados Unidos para que suspenda as sanções contra aquele país.

Um porta-voz do chefe de política externa da UE, Josep Borrell, disse que o embaixador da União Europeia em Cuba, Alberto Navarro, foi convidado "a vir a Bruxelas para dar explicações" sobre a alegada carta enviada ao presidente dos EUA, Joe Biden.

Alberto Navarro foi também instruído a "fornecer uma nota detalhada sobre o assunto", afirmou Peter Stano, porta-voz do chefe de política externa da EU, citado pela agência Associated Press (AP).

O mesmo porta-voz não avançou se o embaixador da União Europeia em Cuba vai ser demitido.

O jornal Politico noticiou que 16 legisladores do Parlamento Europeu escreveram a Josep Borrell a pedir que destituísse Navarro do cargo de embaixador, argumentando que o diplomata "não é digno das altas funções que exerce".

As queixas dos legisladores estão relacionadas com a assinatura do embaixador numa carta aberta enviada a Joe Biden que pedia o levantamento do embargo comercial dos EUA contra Cuba.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG