Exclusivo Rússia na primeira linha da agenda externa de Biden

No seu primeiro discurso dedicado à política externa, o novo presidente dos EUA deixou claro - a Moscovo e ao resto do mundo - que a Rússia terá de ser chamada "às suas responsabilidades".

No seu primeiro discurso dedicado à política externa desde que tomou posse, o novo presidente americano anunciou um reset após quatro anos da agenda America First de Trump, proclamando que a América "está de volta"- "America is back" -, prometendo reinvestir nas alianças e na diplomacia, e traçou uma agenda em que a Rússia representa um dos grandes desafios à segurança e aos interesses da América.

"Tornei claro ao presidente [Vladimir] Putin, de uma forma muito diferente da do meu antecessor, que os dias em que os Estados Unidos deixavam andar face às ações agressivas da Rússia já lá vão", terá dito Joe Biden ao líder russo, de acordo com um sumário da conversa entre os dois líderes divulgado entretanto pelo Departamento de Estado norte-americano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG