Internacional
05 maio 2022 às 16h15

Rússia admite que apoio ocidental à Ucrânia prolongou ofensiva mas insiste que cumprirá os objetivos

Porta-voz do Kremlin admite que entrega de armas e partilha de informação de EUA, Reino Unido e Nato com as Forças Armadas ucranianas não "permitem acabar rapidamente a operação".

/img/placeholders/redacao-dn.png
DN/AFP
/img/placeholders/redacao-dn.png
DN/AFP