Príncipe Harry e Jennifer Lopez juntos em concerto para promover a vacinação global contra a covid-19

"Esta noite, solidarizamo-nos com as milhões de famílias em toda a Índia que estão a lutar contra uma segunda onda devastadora", afirmou o príncipe Harry no concerto solidário, no âmbito da pandemia de covid-19.

O príncipe Harry juntou-se a nomes da realeza da música pop, como Jennifer Lopez, num espetáculo repleto de estrelas, realizado no domingo (2 de maio), em Los Angeles, para promover uma vacinação global mais rápida e justa contra a covid-19.

"Vax Live: The Concert to Reunite The World" ("O Concerto para Reunir o Mundo", em tradução livre) contou com mensagens de vídeo do Papa Francisco, do presidente dos EUA, Joe Biden, e com a presença de estrelas de cinema de Hollywood, como Ben Affleck e Sean Penn.

O concerto foi gravado ontem diante de milhares de espetadores vacinados num grande estádio da Califórnia e vai ser emitido na televisão e no YouTube a 8 de maio.

"Esta noite, solidarizamo-nos com as milhões de famílias em toda a Índia que estão a lutar contra uma segunda onda devastadora", disse o príncipe Harry, que foi recebido com uma grande ovação.

"O vírus não respeita fronteiras e o acesso à vacina não pode ser determinado pela geografia", acrescentou o duque de Sussex na sua primeira aparição num grande evento público na Califórnia desde que se mudou para os EUA com a mulher, Meghan Markle, no ano passado, e desde o funeral do avô, o príncipe Filipe. Meghan, que está grávida do segundo filho do casal, não compareceu no evento.

Milhares assistem a concerto num estádio, a maioria profissionais de saúde. Selena Gomez foi a anfitriã

Organizado pela Global Citizen, uma organização internacional de direitos humanos, o concerto tem como objetivo combater a desinformação sobre as vacinas, ao mesmo tempo que convida líderes mundiais e empresas a agirem e a fazerem doações.

Milhares de espetadores reuniram-se pela primeira vez no gigantesco estádio SoFi em Los Angeles, recentemente concluído. Na sua maioria, o público era composto por profissionais de saúde, que estão na linha de frente no combate à pandemia, muitos deles com a bata vestida.

Selena Gómez foi a anfitriã do evento e pediu que "doses e dólares" sejam destinados aos países mais pobres do mundo.

Os Foo Fighters também subiram ao palco, acompanhados por Brian Johnson dos AC/DC.

Biden está a "trabalhar com líderes de todo mundo para partilhar mais vacinas e impulsionar a produção"

Jennifer Lopes contou aos fãs que foi obrigada a passar o Natal sem a sua mãe pela primeira vez, devido à pandemia. Em seguida, a matriarca dos López apareceu no palco para cantar "Sweet Caroline".

Entre as mensagens pré-gravadas, destaque para a do presidente norte-americano. Joe Biden disse que está a "trabalhar com líderes de todo mundo para partilhar mais vacinas e impulsionar a produção".

Já o papa Francisco lançou um apelo: "Peço que não se esqueçam dos mais vulneráveis".

O concerto será transmitido no YouTube e nas redes de televisão norte-americanas ABC e CBS a 8 de maio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG