O Arco de Darwin nas Ilhas Galápagos desmoronou devido à erosão

O Ministro do Ambiente do Equador disse que o colapso se deve à "erosão natural".

A famosa formação rochosa nas Ilhas Galápgos conhecida como Arco de Darwin colapsou. A "erosão natural" é a causa, segundo o ministério Ambiente do Equador.

"Foi relatado o colapso do Arco de Darwin, a ponte natural encontrada a menos de um quilómetro da área principal da Ilha de Darwin", disse o ministro.

A formação, batizada em homenagem ao biólogo inglês Charles Darwin, é considerada um dos melhores locais para mergulho e observar tubarões.

As Ilhas Galápagos, a 906 km a oeste do Equador continental, são Património Mundial da Unesco conhecido mundialmente pela sua variedade única de plantas e vida selvagem.

O arquipélago é constituído por 234 ilhas, enseadas e rochas. Quatro delas são a casa de cerca de 30 000 pessoas.

Turistas de todo o mundo viajam até a estas ilhas para ver a sua biodiversidade, que inspirou a teoria da evolução de Darwin.

O Arco de Darwin, de pedra natural, "em algum momento, terá feito parte da ilha Darwin, que não se encontra aberta a visitas por terra", acrescentou o Ministério do Ambiente e Água do Equador.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG