Mundo registou recorde de casos na última semana

Registou-se uma média de 93 mil casos diários em todo o mundo entre 22 e 28 de dezembro

O mundo registou um recorde de casos de covid-19 nos últimos sete dias, 6 550 000 casos, uma média de mais de 935 000 diários detetados entre 22 a 28 de dezembro, revela a contagem da AFP feita com base em informações oficiais.

Os mais altos desde o início da pandemia em dezembro de 2019, estes dados baseiam-se nos números divulgados diariamente pelas autoridades sanitárias de cada país.

Uma parte significativa dos casos menos graves, ou assintomáticos, continua fora destes registos, apesar do aumento de testes em muitos países. Além disso, é necessário levar em consideração que as políticas de testagem diferem de um país para o outro.

Com o vírus a disseminar-se a uma velocidade sem precedentes, este recorde é nitidamente superior ao anterior máximo, registado 23 e 29 de abril, quando foram reportados, em média, 817 mil casos diários.

As infecções detetadas, que têm aumentado globalmente desde meados de outubro, aumentaram 37% nos últimos sete dias anteriores.

"Este crescimento rápido é provavelmente uma combinação de evasão imunológica e aumento intrínseco da transmissibilidade da variante Ómicron", referiu esta terça-feira a Organização Mundial da Saúde.

"O risco geral relacionado à nova variante do problema Ómicron permanece muito alto", acrescentou a agência de saúde da ONU.

Por enquanto, esta explosão no número de casos detectados não levou a um aumento nas mortes, que estão em declínio há três semanas.

Em média, foram registadas cerca de 6450 novas mortes por dia na última semana, o menor número desde o final de outubro de 2020. No pico da pandemia, foram registradas 14 800 mortes diárias entre 20 e 26 de janeiro de 2021.

A maioria das novas infecções está a ocorrer na Europa, onde mais de 3,5 milhões de casos foram registados nos últimos sete dias (mais de 510 mil por dia). Nas vagas anteriores, o velho continente nunca tinha registado mais de 300 mil casos por dia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG