Moscovo acusa Alemanha de 'histeria russofóbica' no aniversário da invasão nazi

O conflito na Ucrânia aumentou a tensão nas relações entre a Rússia e os países ocidentais, incluindo a Alemanha, que impôs duras sanções económicas a Moscovo.

A Rússia acusou a Alemanha de alimentar pensamentos antirrussos num comunicado a marcar o aniversário do início da invasão nazi à União Soviética, em 1941.

"A histeria russofóbica é sistematicamente alimentada por membros do governo alemão em ataques públicos contra o nosso país quase diariamente", afirmou o ministério das Relações Exteriores da Rússia.

As autoridades de Berlim "têm obstruído o processo histórico de reconciliação entre os russos e os alemães", após a Segunda Guerra Mundial, acrescentou.

Em diversas ocasiões o presidente russo, Vladimir Putin, comparou a ofensiva do seu país na Ucrânia à luta contra os nazis durante a "Grande Guerra Patriótica".

O conflito na Ucrânia aumentou a tensão nas relações entre a Rússia e os países ocidentais, incluindo a Alemanha, que impôs duras sanções económicas a Moscovo.

Por sua vez, a Rússia anunciou nos últimos dias uma forte redução no fornecimento de gás para a Europa, denunciado pela Alemanha como um "ataque" para "semear o caos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG