Marido de professora morta em massacre no Texas morre "de desgosto"

Joe Garcia não resistiu a um ataque cardíaco. Casal deixa quatro filhos

O marido de uma professora que foi morta enquanto tenteava proteger os seus alunos durante o massacre numa escola primária em Uvalde, no Texas, também morreu, esta quinta-feira, disseram familiares da professora.

Uma página do GoFundMe criada por Debra Austin, prima da professora Irma Garcia, disse que o marido desta, Joe, "faleceu tragicamente esta manhã como resultado de uma emergência médica". "Acredito que Joe morreu de desgosto, com o coração partido; perder aquele que foi o amor da sua vida por mais de 30 anos foi demais para ele suportar", acrescentou.

John Martinez, que se identificou como sobrinho de Garcia, também publicou no Twitter: "EXTREMAMENTE comovente e com profunda tristeza dizer que o marido da minha Tia Irma, Joe Garcia, faleceu devido ao luto".

Ernie Zuniga, pivô da emissora local KABB FOX San Antonio, informou, também no Twitter, que Joe Garcia morreu de ataque cardíaco.

O casal, que foi casado por 24 anos, segundo o site da Robb Elementary School, deixa quatro filhos.
Tanto Irma Garcia quanto outra professora, Eva Mireles, morreram no tiroteio em massa, juntamente com 19 crianças.

O atirador, Salvador Ramos, de 18 anos, estava dentro do edifício durante cerca de 40 minutos até a polícia entrar e o abater.


Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG