Manuel Vicente fala em "perda profunda e irreparável"

Vice de José Eduardo dos Santos na liderança de Angola descreveu-o, em comunicado, como "exemplar estadista e nacionalista".

O ex-vice-presidente de Angola Manuel Vicente reagiu este sábado à morte de José Eduardo dos Santos, figura que descreve como "um exemplar estadista e nacionalista que, desde tenra idade, dedicou a sua vida à nação angolana", enviando à família "os mais profundos sentimentos de pesar" pela morte do ex-chefe de Estado, que, considera, "representa uma perda profunda e irreparável" de uma figura não só de Angola como também do mundo.

Num curto comunicado, escrito numa "hora de profunda dor e de luto nacional", o ex-vice de José Eduardo dos Santos à frente dos destinos do país relembrou ainda "o papel proeminente nos processos de conquista da independência nacional, da paz, da unidade, reconstrução e reconciliação nacional".

"Com a perda de tão distinta e admirável personalidade, curvo-me perante a sua memória", assume Manuel Vicente, desejando por fim "paz eterna à sua alma".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG