Manada de elefantes pisa mortalmente uma mulher e o seu bebé no Zimbabué

A mulher, de 23 anos, e o seu bebé, cruzaram-se com a manada quando regressavam a casa depois de terem festejado a passagem de ano, no distrito rural de Chipinge.

Uma mulher e o seu bebé de três meses foram pisados até à morte por um elefante no sudeste do Zimbabué, anunciou esta terça-feira, a Autoridade dos Parques Nacionais.

A mulher, de 23 anos, e o seu bebé, cruzaram-se com uma manada de elefantes quando regressavam a casa depois de terem festejado a passagem de ano, no distrito rural de Chipinge.

"Um elefante atacou subitamente e matou-a, e ao seu bebé, no local", disse à agência francesa de notícias, a France-Presse (AFP), o porta-voz da Autoridade dos Parques Nacionais e Vida Selvagem do Zimbabué (Zimparks), Tinashe Farawo.

O aumento da população de elefantes nas zonas rurais do Zimbabué está a causar conflitos com os seres humanos, aponta a AFP.

Segundo a Zimparks, 40 pessoas foram mortas neste contexto nos primeiros nove meses de 2021.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG