Maior vulcão do mundo entra em erupção pela primeira vez em décadas

De momento, os fluxos de lava permanecem "contidos", mas a erupção pode representar uma ameaça para os residentes.

O vulcão havaiano Mauna Loa, o maior vulcão ativo do mundo, entrou em erupção pela primeira vez em quase 40 anos, disseram as autoridades dos EUA, enquanto as equipas de emergência entraram em alerta nesta segunda-feira.

Os fluxos de lava permaneceram "contidos", mas a erupção pode representar uma ameaça para os residentes próximos caso as condições mudem, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

"Neste momento, os fluxos de lava estão contidos na área do cume e não ameaçam as comunidades nas encostas", disse o USGS em comunicado no site, observando que os residentes da área devem rever os procedimentos de segurança.

Enquanto a erupção na ilha principal do remoto estado americano no Pacífico permanece confinada dentro da bacia no topo do vulcão, chamada caldeira, "se as aberturas eruptivas migrarem para fora das suas paredes, os fluxos de lava podem mover-se rapidamente pela encosta abaixo", segundo o USGS.

Horas depois, o escritório de monitorização de vulcões da USGS escreveu no Twitter: "A lava parece ter fluído para fora da caldeira, mas por enquanto as aberturas eruptivas permanecem confinadas à caldeira".

Autoridades disseram que nenhuma ordem de evacuação foi dada, embora a área do cume e várias estradas na região tenham sido fechadas.

Uma webcam do USGS na borda norte do cume de Mauna Loa mostrou longas fissuras eruptivas brilhantes dentro da cratera vulcânica, contrastando com a escuridão da noite.

As ilhas havaianas abrigam seis vulcões ativos. O Mauna Loa entrou em erupção 33 vezes desde 1843, de acordo com o USGS. A erupção mais recente, em 1984, durou 22 dias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG