Harry e Meghan publicaram apenas um 'podcast' do contrato milionário com o Spotify

Casal recebeu 24 milhões de dólares para uma série mas apenas lançou um especial de 34 minutos.

O Spotify está a contratar profissionais para criar conteúdos com o príncipe Harry e Meghan Markle, depois de o casal ter publicado apenas um 'podcast' do seu contrato de mais de 24 milhões de dólares, avançou quarta-feira a EFE.

Em dezembro de 2020, a empresa anunciou um acordo exclusivo com os duques de Sussex, para estrear uma série de 'podcasts' ao longo de 2021, mas acabou por lançar apenas um especial de Natal de 34 minutos.

Aquele programa único contou com convidados como o chef José Andrés, o comediante James Corden, o músico Elton John e a tenista Naomi Osaka, que discutiram como lidar com a pandemia e compartilharam várias histórias pessoais.

Apesar de o 'podcast' terminar com a promessa de mais programas nas semanas seguintes, eles nunca chegaram a acontecer.

Mais de um ano após o acordo milionário, o Spotify decidiu encarregar-se do projeto e publicou duas ofertas de trabalho, nas quais diz procurar profissionais para a criação de mais conteúdo com Harry e Meghan.

"Estamos a formar uma equipa que vai criar e lançar um novo programa original com a Archewell [produtora do casal] e vai contar com vozes de mulheres de destaque", detalha uma das ofertas de emprego publicadas pela Gimlet, estúdio de rádio que o Spotify comprou em 2019.

De acordo com o The Mercury News, jornal local de San José, na Califórnia, a Netflix também estaria à espera de conteúdo do casal.

Em abril de 2021, o casal anunciou a série documental "Heart of Invictus", que seria o primeiro projeto para a Netflix da sua produtora audiovisual, Archewell Productions.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG