França expulsa espanhol que empurrou mulher nas escadas do metro

Vídeo do momento tornou-se viral.

A polícia francesa anunciou a deportação de um espanhol que empurrou uma mulher nas escadas do metro de Paris, em abril. Os atos foram filmados por um transeunte e tornaram-se virais nas redes sociais, com a própria ministra da Cidadania francesa, Marlène Schiappa, a denunciar "atos inadmissíveis".

"Graças ao trabalho dos investigadores: interpelação do suspeito de nacionalidade espanhola. Obrigado a sair do território francês, foi expulso para Espanha no dia 2 de maio e está proibido de voltar a entrar e permanecer no território francês", indicou a polícia parisiense no Twitter.

O vídeo que circulava nas redes sociais foi referido pela ministra a 17 de abril no Twitter, pedindo à polícia que detivesse o autor. As autoridades tinham então aberto um inquérito, convidando a vítima a apresentar queixa formal, o que terá acontecido.

Segundo o Le Parisien, a vítima indicou que o caso tinha ocorrido no dia 16 de abril. Ela tinha pedido um telemóvel emprestade a um conhecido, tendo recebido um telefonema no aparelho de alguém que assegurava ser o proprietário e que queria que fosse devolvido. Foi marcado um encontro naquela tarde às 19.30, à porta do metro Porte de la Chapelle.

Nas imagens do vídeo vê-se a mulher a atirar o telemóvel para o chão e a bater no braço do homem, que depois a empurra pelas escadas abaixo. A mulher disse que o agressor se irritou e proferiu ameaças, daí ter lançado o telemóvel.

Mas segundo o autor do vídeo, a mulher estava sob efeito de drogas e o homem estava há cinco minutos a pedir-lhe que lhe desse algo. Ela parecia querer ir-se embora, mas continuava a bater-lhe. Foi por isso que terá começado a filmar.

De acordo com a estação LCI, a mulher admitiu à polícia que era toxicodependente e que o homem seria o seu traficante.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG