Estudante detido com duas espingardas no carro junto a escola no Texas

A detenção ocorreu um dia depois de um jovem ter matado 19 crianças e duas professoras numa escola primária na cidade texana de Uvalde, um dos tiroteios mais mortíferos num estabelecimento de ensino nos Estados Unidos.

Um estudante foi detido na quarta-feira nos arredores de Dallas, no estado norte-americano do Texas, por ir para a escola com duas espingardas semiautomáticas no seu automóvel, informou o Departamento da Polícia de Richardson.

A detenção ocorreu um dia depois de um jovem ter matado 19 crianças e duas professoras numa escola primária na cidade texana de Uvalde, um dos tiroteios mais mortíferos num estabelecimento de ensino nos Estados Unidos.

A polícia de Richardson recebeu uma chamada por telefone às 10:55, hora local (16:55, em Lisboa), alertando que um jovem estava a encaminhar-se com uma semiautomática para a escola secundária de Berkner.

Num comunicado, as autoridades explicaram que o jovem foi encontrado dentro da escola desarmado.

No entanto, no seu automóvel, estacionado junto ao estabelecimento de ensino, foram encontradas uma AK-47 e uma AR-15, pelas quais o estudante foi detido pelo crime estadual de porte de armas em área escolar.

Na tarde de terça-feira, um jovem de 18 anos arando com uma semiautomática matou 19 crianças e duas professoras numa escola primária na cidade Uvalde, no Texas, antes de ser abatido pela polícia.

É o segundo assassínio em massa nos Estados Unidos em menos de duas semanas. Em 14 de maio, um supremacista branco matou dez afro-americanos num supermercado na cidade de Buffalo, em Nova Iorque.

Vários democratas pediram maior controlo sobre a compra de armas no país, enquanto as autoridades republicanas do Texas colocaram o foco nos problemas de saúde mental que, na sua opinião, estão na raiz do ataque.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG