Cinco pessoas morreram no incêndio na maior fábrica mundial de vacinas

A direção da empresa Serum Institute, na cidade indiana de Pune, garante que não foi afetada a produção de vacinas, entre as quais contra a covid-19.

Cinco pessoas morreram no incêndio que devastou esta quinta-feira o Serum Institute da Índia, o maior fabricante mundial de vacinas, de acordo com as autoridades locais.

O diretor da empresa, Adar Poonawala, já enviou as condolências às famílias das vítimas do incêndio, que foram confirmadas pelo presidente da câmara de Pune, no oeste da Índia, Murlidhar Mohol. A empresa garante que a produção de vacinas naquela empresa não foi afetada.

Cadeias de televisão indianas mostraram uma enorme nuvem de fumo cinzento sobre o local do Serum Institute da Índia, em Pune, onde se produzem atualmente milhões de doses da vacina Covishield contra o novo coronavírus, desenvolvida pela AstraZeneca e a Universidade de Oxford.

Segundo informação na página eletrónica da emissora NDTV, que cita fontes não identificadas, os bombeiros já estão a combater o incêndio e o local atingido pelas chamas "fica a poucos minutos de carro das instalações onde as vacinas covid são produzidas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG