Cerca de 300 migrantes, incluindo um bebé morto, resgatados ao largo das Canárias

Migrantes vinham em cinco embarcações. Uma mulher precisou de assistência médica e um bebé de dois meses já vinha sem vida.

O serviço de Salvamento Marítimo espanhol resgatou durante a noite, a sul de Fuerteventura, 283 migrantes que pretendiam alcançar as Canárias em cinco embarcações, entre os quais um bebé que morreu durante a travessia.

Nas últimas horas, as autoridades espanholas detetaram 193 homens, 67 mulheres e 23 menores de idade (incluindo o corpo do bebé de dois meses).

A operação de resgate iniciou-se na quarta-feira à tarde quando um navio da Guarda Marítima saiu em auxílio de três botes que se encontravam a sul de Morro Jable, tendo encontrado uma quarta embarcação precária onde se encontravam mais migrantes a bordo.

Uma mulher foi transportada para um hospital por necessitar de cuidados médicos depois do desembarque em Puerto del Rosario.

A quinta embarcação foi depois detetada a quatro quilómetros de Morro Jable, com migrantes 52 subsarianos a bordo e dois cidadãos do Bangladesh.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG