Camião com cem macacos de laboratório tem acidente e quatro escapam

Polícia da Pensilvânia já conseguiu encontrar três dos animais, mas um continuava desaparecido neste sábado de manhã.

Um acidente na Pensilvânia com um camião que transportava cem macacos para um laboratório permitiu a quatro animais escaparem, com a polícia a desenvolver esforços para os encontrar e a alertar o público para não se aproximar.

O veículo colidiu com um camião do lixo perto de Danville, na Pensilvânia, na sexta-feira à tarde, a caminho de um laboratório na Florida.

A polícia disse no Twitter que quatro macacos conseguiram "fugir da cena do acidente", sendo que três foram capturados mais tarde. Um ainda estava em fuga este sábado de manhã.

Segundo a estação de notícias local WNEP, um helicóptero da polícia com câmaras térmicas foi usado para encontrar os macacos da espécie Macaca fascicularis, conhecidos nos laboratórios como macacos-cinomolgo. No terreno, os agentes usaram potentes lanternas durante a noite para tentar encontrar os animais.

A polícia do estado da Pensilvânia divulgou uma imagem de um dos macacos numa árvore ao longo da Route 54 durante a noite, com temperaturas negativas.


Um jornalista disse que a polícia rodeou o animal antes de serem disparados tiros de uma arma não identificada.

"Atualização do acidente: Ainda há um macaco desaparecido, mas estamos a pedir que ninguém tente procurá-lo ou capturar o animal", disseram as autoridades no Twitter.

Os macacos-cinomolgos podem custar até dez mil dólares cada um e a sua procura tem sido elevada para a pesquisa de vacinas da covid-19, segundo o The New York Times. Podem viver até 30 anos em cativeiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG