Britânico escala hotel de Barcelona sem equipamento de proteção

No final de 2019, George King passou três meses na prisão após escalar, sem autorização, o icónico arranha-céus londrino The Shard. Desta vez esteve apenas 20 minutos detido.

O alpinista britânico George King foi brevemente detido na sexta-feira depois de escalar, sem equipamento de proteção, um dos arranha-céus mais altos de Barcelona.

Apelidado de "Daredevil" em homenagem ao super-herói, o britânico de 21 anos escalou 120 metros da fachada envidraçada do Meliá Barcelona Sky.

Depois disso, King foi preso pela polícia catalã, que "o libertou após 20 minutos" sem impor qualquer multa, disse à AFP o seu agente, Bryan Yeubrey.

No final de 2019, o jovem inglês passou três meses na prisão após escalar, sem autorização, o icónico arranha-céu londrino The Shard, e prometeu tentar novamente quando fosse solto.

Uma condenação muito criticada pelos seguidores, entre os quais está o "Homem-Aranha Francês", Alain Robert.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG