Internacional
28 maio 2022 às 13h53

Macron e Scholz pedem a Putin libertação de 2.500 militares de Azovstal

O presidente francês e o chanceler alemão falaram com Putin ao telefone e pediram a libertação de cerca de 2.500 militares feitos prisioneiros de guerra pelas forças russas.

/img/placeholders/redacao-dn.png
DN/Lusa
/img/placeholders/redacao-dn.png
DN/Lusa