Usa prémio de concurso para pagar tratamentos médicos

Há dez anos, Sonali Mukherjee foi atacada com ácido na cara e no peito. Em dezembro do ano passado, ganhou o prémio máximo no programa "Quem Quer Ser Milionário?" e usou-o para pagar tratamentos médicos de reconstrução.

Foi quando tinha apenas 17 que Sonali Mukherjee foi atacada em casa por três colegas da faculdade a quem não correspondia nas intenções amorosas. Agora, passados dez anos, a indiana revela à CNN que depois do ataque "tudo o que conseguia sentir era uma enorme quantidade de dor". "Era como se me tivessem atirado para o fogo", acrescenta. Após ter ficado com o rosto desfigurado, Sonali começou a procurar formas de recuperar e ao mesmo tempo procurar que fosse feita justiça.

Recentemente, passou pela 27.ª cirurgia. Até chegar a esse momento, o pai vendeu todos os bens e gastou todas as poupanças nos tratamentos, não sendo mesmo assim suficiente. Em 2012, resolveu participar na versão indiana do famoso concurso "Quem Quer Ser Milionário?", tanto com o objetivo de ganhar dinheiro como também de chamar a atenção para o assunto das vítimas de ácido.

Chegou ao final do concurso e ganhou o prémio máximo de 40 mil dólares americanos, cerca de 31 mil euros. Este prémio permitiu-lhe mudar-se para Nova Deli, ter melhores tratamentos médicos e realizar a operação pretendida.

Os homens que lhe atiraram com ácido foram libertados após dois anos na prisão e, apesar de ter recorrido da decisão, espera ainda uma resposta por parte do tribunal. "O meu pai gastou tudo, à espera que fosse feita justiça. Mas no fim perdemos tudo, enquanto os criminosos estão em liberdade", lamenta à CNN.

No passado mês de abril, a Índia aprovou uma lei que prevê 10 anos de prisão para quem pratique este tipo de crime, assim como o pagamento de uma multa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG