Tsipras acusa Espanha e Portugal de liderarem "eixo de poder" contra Atenas

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, acusa Madrid e Lisboa de liderarem conspiração conservadora para derrubar o seu governo anti-austeridade.

Num discurso para os membros do Syriza, Tsipras acusou Espanha e Portugal de liderar uma conspiração conservadora para derrubar o seu governo, dizendo que os executivos dos dois países temem as suas próprias forças radicais antes das eleições deste ano.

"Encontramos a oposição de um eixo de poder, liderado pelos governos de Espanha e Portugal, que por óbvias razões políticas tentaram levar as negociações para o abismo", afirmou Tsipras, citado pela Reuters.

O primeiro-ministro também rejeitou as críticas de que Atenas tinha encenado um recuo para garantir a extensão do resgate da zona euro, argumentando que a raiva entre os conservadores gregos mostra que o seu governo conseguiu algumas concessões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG