Troca de tiros na fronteira entre Índia e Paquistão fazem cinco mortos

O Paquistão e a Índia travaram três guerras desde a independência de ambos da coroa britânica, em 1947. Duas dessas guerras deveram-se ao conflito pelo controlo do Caxemira.

Cinco pessoas morreram hoje em dois incidentes separados de trocas de tiros na fronteira entre a Índia e o Paquistão, duas potências nucleares rivais, informaram fontes militares citadas pela agência France Presse.

A tensão entre os dois países ressurgiu na semana passada com a morte de três indianos em incidentes envolvendo disparos e a perseguição de um barco paquistanês em águas indianas.

Hoje, disparos da parte indiana provocaram a morte a quatro civis paquistaneses, entre eles uma mulher e um adolescente, perto da cidade industrial de Sialkot, segundo um comunicado do exército.

Horas antes, um paramilitar indiano foi morto a tiro por paquistaneses perto da linha de controlo que separa a disputada região do Caxemira, segundo o diretor da polícia da parte indiana do território, Rajesh Kumar.

Os dois países acusaram-se mutuamente de relançar as hostilidades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG