Rumores levam a corrida à gasolina no Egito

Simples rumores de que a gasolina estaria a escassear no Egito levaram a longas filas junto de bombas de gasolina. A situação atingiu proporções tais que o ministro Sherif Hadarra, responsável pelo petróleo e recursos naturais, teve de vir a público desmentir os boatos.

Desde segunda feira que se começaram a formar longas filas de automóveis nas bombas de gasolina egípcias, causadas pela disseminação do rumor de que a gasolina estaria a escassear no país.

Durante uma conferência de imprensa no início da semana, o responsável pela Egyptian Gas and Petroleum Company, Tarek El-Barkatawy, afirmou que o país "está a sofrer uma total escassez de materiais petrolíferos no mercado, com a taxa de consumo a exceder os níveis normais em cerca de 10-20%", segundo o Daily News Egypt.

O ministro Sherif Hadarra respondeu já a essa situação, através de uma conferência de imprensa, ao dizer que a gasolina está disponível como habitualmente, e deixando ainda um apelo para que as pessoas não sejam enganadas pelos rumores.

"As preocupações dos egípcios levam-nos a acumular produtos petrolíferos", disse o ministro citado pelo Ahram Online. Além disso, justifica também as longas filas com um novo sistema de cartões implementado recentemente em algumas bombas de gasolina.

O contrabando foi também um motivo apontado para esta situação, assim como o armazenamento de gasolina, o que por sua vez pode levar a uma real escassez.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG