Rubio afirma ser a cara da nova geração que os EUA precisam

Republicano filho de cubanos quer ser uma alternativa aos Bush e Clinton. Mas garante não estar a concorrer contra Jeb

O republicano Marco Rubio oficializou ontem a sua candidatura às presidenciais norte-americanas do próximo ano, apresentando-se como o líder de uma nova geração política e a alternativa mais viável a Hillary Clinton. O senador da Florida aproveitou também para vincar o que o separa de Jeb Bush, o seu mentor e potencial opositor.

"O tempo chegou para a nossa geração liderar o caminho para um novo século americano", declarou Rubio, de 43 anos, filho de imigrantes cubanos, sublinhando ser uma cara nova que pode levar o país para lá das dinastias Bush e Clinton que já governaram os Estados Unidos durante décadas e agora ameaçam voltar. O candidato falava perante a multidão exultante que se encontrava na Torre da Liberdade de Miami, local onde milhares de exilados cubanos foram registados pelas autoridades norte-americanas nos anos 60.

Leia mais na edição impressa ou no epaper do DN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG