Quatro mil polícias na tomada de posse de Dilma

Presidente, que esteve de férias, ainda não confirmou os nomes de 22 dos 39 ministros que prestam juramento na quinta-feira

Os 500 autocarros com militantes do Partido dos Trabalhadores estão preparados para partir para Brasília, os quatro mil agentes da polícia civil e militar que vão garantir a segurança do evento estão prontos e o ensaio geral para a cerimónia de posse de Dilma Rousseff decorreu sem problemas no domingo.

Só falta mesmo conhecer quem fará parte da equipa ministerial que irá acompanhar a presidente brasileira no seu segundo mandato. O juramento é na quinta-feira e ontem ainda faltava conhecer os nomes de 22 dos 39 ministros, depois de negociações complicadas entre Dilma e os partidos aliados.

Leia mais pormenores na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG