Promotoras da depilação brasileira nos EUA lançam novo tratamento estético íntimo

O salão de beleza em Nova Iorque que popularizou entre celebridades a chamada "depilação brasileira" vai lançar um novo "tratamento facial" aplicado nas zonas íntimas.

O New York Post faz hoje notícia com o facto de a J. Sisters ir lançar, no seu famoso salão no centro de Manhattan, um novo serviço: uma terapia, que inclui uma esfoliação suave, para combater as imperfeições estéticas, como os pêlos encravados, na zona íntima da mulher.

O tratamento de beleza inclui a aplicação, na zona vaginal, de Gommage, que significa 'apagar' em francês,, um género de creme que geralmente se aplica no rosto, com um camada fina, e depois é removido com uma massagem.

Esta não é a única novidade do salão. A J.Sisters irá ainda oferecer um serviço que dá cor e forma à região genital das mulheres mais velhas.

Mas o J.Sisters não é o primeiro salão de Nova Iorque a oferecer tratamentos de beleza deste teor. O Haven Spa, por 40 euros, limpa a área com um exfoliante e usa um peeling com ácido para remover os pêlos encravados e abrir poros bloqueados, por exemplo.

O mesmo acontece com o Townhouse Spa que, por 77 euros, remove as células mortas da pele e descolora através de um peeling e de uma microdermoabrasão (permite efectuar a melhoria da pele ao eliminar as camadas superficiais envelhecidas da epiderme).

O salão J.Sisters, fundado por Jocely, Jonice, Janea, Joyce, Jurace, Jussara e Judeseia Padilha, ficou conhecido por ter levado para os Estados Unidos a depilação brasileira.

O salão começou a atrair celebridades como Gwyneth Paltrow, Sarah Jessica Parker, Cameron Diaz and Naomi Campbell, durante os anos 90.

Segundo o Daily Mail, Paltrow chegou mesmo a afirmar que o salão lhe tiha "mudado a vida".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG