Prokopis Pavlopoulos eleito novo presidente grego à primeira volta

Ex-ministro do Interior, membro da Nova Democracia, foi eleito esta tarde, no Parlamento de Atenas, para suceder a Karolos Papaoulias como presidente da Grécia. 233 deputados em 300 votaram a favor.

Prokopis Pavlopoulos foi ministro do Interior da Grécia entre 2004 e 2009. Membro da Nova Democracia, partido do ex-primeiro-ministro Antonis Samaras, derrotado nas eleições legislativas de 25 de janeiro, Pavlopoulos tem 64 anos e é advogado de formação.

Ex-conselheiro de Konstantinos Karamanlis, ex-deputado e ex-ministro de Kostas Karamanlis, o candidato a presidente do governo de coligação Syriza-GRegos Independentes (ANEL) viu a reputação manchada em 2008, quando a polícia matou Alexandros Grigoropoulos, um jovem de 15 anos. Seguiram-se fortes confrontos entre jovens anarquistas e as forças policiais em Atenas.

No entanto, é considerado um moderado, um diplomata discreto. Natural de Kalamata, Prokopis Pavlropoulos é casado e tem três filhos. Foi eleito esta tarde, no Parlamento de Atenas, à primeira volta, com 233 votos favoráveis num total de 300 deputados, segundo o jornal grego 'Kathimerini'. Em 2005, Papoulias, do Pasok, hoje com 85 anos, fora eleito com 279 votos em 300.

Recorde-se que a última crise política, que conduziu às legislativas antecipadas de 25 de janeiro - e à vitória do Syriza de Alexis Tsipras nas mesmas -, teve que ver precisamente com o fracasso das tentativas para eleger um novo presidente para a Grécia. Samaras, que foi quem decidiu adiantar a eleição presidencial, propusera o ex-comissário europeu Stavros Dimas para o lugar de Papoulias, mas este não conseguiu ser eleito. Nem depois de três voltas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG