Presidente do Egito afastado do poder pelos militares

O Presidente do Egito, Mohammed Morsi, foi hoje deposto pelas Forças Armadas e será substituído interinamente pelo presidente do Tribunal constitucional, sendo ainda suspensa a Constituição, anunciaram responsáveis militares.

Depois de uma reunião com os líderes políticos e religiosos, o chefe das forças armadas, o general Abdel Fatah al- Sissi, disse à nação que o chefe do Tribunal Constituicional do Egipto irá assumir presidência provisória até novas eleições. Abdel Fatah al- Sissi referiu que o presidente interino terá o direito de declarar leis durante o período de transição.

Utilizando a conta da presidência no Twitter, Mohammed Morsi declarou que este acto das forças armadas representa um "golpe de estado completo rejeitado por todos os homens livres da nação".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG