Parlamento Europeu deverá aprovar hoje a nova Comissão Europeia

O Parlamento Europeu deverá aprovar hoje, na sessão plenária em Estrasburgo, a nova Comissão Europeia, liderada pelo luxemburguês Jean-Claude Juncker.

Logo pelas 09:00 (hora local, menos uma em Lisboa), Juncker vai apresentar perante os eurodeputados a sua equipa de 27 comissários e o respetivo programa de trabalho, seguindo-se um debate, após a qual o Parlamento votará a constituição da nova Comissão no seu conjunto.

Depois das audições dos últimos dois comissários indigitados terem decorrido sem sobressaltos, na segunda-feira, é agora esperado que a nova equipa seja aprovada e que a 'Comissão Juncker' possa assumir funções a 01 de novembro.

A composição da nova Comissão Europeia deveria ter chegado já fechada a esta sessão plenária do Parlamento Europeu, mas Jean-Claude Juncker teve de fazer alterações à lista original, depois de a eslovena Alenka Bratusek ter sido 'chumbada' devido à fraca prestação perante os eurodeputados, pelo que estas últimas audições decorreram hoje de forma extraordinária já em Estrasburgo.

Assim, o elovaco Maros Sefcovic, que já tinha passado no 'exame' para a pasta dos Transportes, foi submetido a nova audiência para poder vir a assumir a vice-presidência com a tutela União Energética. Foi ainda ouvida a nova comissária indicada pela Eslovénia, Violeta Bulc, que ficará com os Transportes.

Durão Barroso está assim em final de mandato como presidente da Comissão Europeia, tendo já feito na terça-feira, perante o Parlamento Europeu, o balanço do seu segundo mandato, naquele que foi um dos últimos discursos enquanto chefe do executivo comunitário e que terminou com Barroso precisamente a despedir-se: "Auf Wiedersehen, goodbye, au revoir, adeus".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG