Paquistão ordena suspensão temporária das execuções

O Paquistão ordenou hoje uma suspensão temporária das execuções, dando seguimento aos apelos do Presidente e de grupos de direitos humanos, dias antes da data prevista para retomar a prática da pena de morte, que esteve suspensa durante cinco anos.

O novo Governo do primeiro-ministro Nawaz Sharif desistiu em junho da moratória sobre a pena de morte, numa tentativa de reprimir os criminosos e militantes islâmicos, no país devastado pela violência.

No entanto, hoje o Governo anunciou que as execuções, programadas para recomeçar esta semana, ficariam temporariamente suspensas, de acordo com a vontade do Presidente cessante, Asif Ali Zardari.

Zardari será substituído no cargo pelo empresário Mamnoon Hussain, um aliado próximo Sharif, que foi eleito em julho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG