O último golpe na América Central foi na Guatemala

O golpe de Estado nas Honduras gera estranheza porque desde 1993 não se registava nenhum na América Central. O último, lembrou a BBC, aconteceu na Guantemala, nesse ano, quando os militares obrigaram o presidente Jorge Serrano Elias a abandonar a chefia do Estado. Serrano, de origem libanesa, foi presidente entre 1991 e 1993. A 25 de Maio desse ano, Serrano suspendeu a Constituição, dissolveu o Parlamento e o Supremo Tribunal, impôs a censura e limitou as liberdades civis, alegadamente para travar a corrupção. A jogada política, semelhante à que fez Alberto Fujimori no Peru, encontrou grande resistência na sociedade guatemalteca.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG