Nicolás Maduro pondera "estado de sítio" para Táchira

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse hoje estar a ponderar instaurar o "estado de sítio" em Táchira, junto à fronteira com a Colômbia, para conter a violência na região.

Nicolás Maduro disse que o estado tem sido atacado por paramilitares da Colômbia, mas garantiu que a soberania permanecerá na Venezuela. O anúncio do Presidente venezuelano acontece algumas horas depois de o governador de Táchira, José Gregório Vielma Mora, denunciar que 120 alegados paramilitares entraram na região provocando instabilidade e atacando várias unidades de serviços públicos.

Os alegados paramilitares cruzaram a fronteira há dois dias, a partir da Colômbia, e estarão a infiltrar-se nos protestos que os grupos da oposição têm organizado. Situado a 850 quilómetros de Caracas, o estado de Táchira faz fronteira com a Colômbia e é a casa de um importante número de cidadãos portugueses.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG