Mulher é acusada de roubar esperma a ex-namorado

Um homem do estado americano da Luisiana decidiu processar uma clínica local, alegando que a ex-namorada para além de lhe roubar o esperma o usou para engravidar.

O advogado de Layne Hardin, que processou o laboratório Texas Andrology Services, disse que a ex- namorada do seu cliente teria "mentido" para obter o esperma, antes de ter feito a inseminação numa clínica de fertilidade. Segundo a BBC, a clínica esta não quis prestar declarações.

Layne Hardin poderá mesmo ter de pagar uma pensão de alimentos à criança de dois anos. O homem, ainda, contou à televisão local que quando soube do sucedido teve vontade de "cair, chorar e desmaiar".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG