Morreu o Pai Natal da Coca-Cola

Tinha 86 anos e participou nas campanhas publicitárias natalícias desde 2006.

Em 2005 participou num anúncio de uma loja na qual entrava disfarçado para comprar cenouras para as suas renas. A Coca-Cola viu em John Moore a pessoa ideal para ser o Pai Natal da marca.

"Ele representava o verdadeiro espírito do icónico Pai Natal da Coca-Cola", salientou um porta-voz da empresa, citado pelo The Independent. Lamentou ainda a morte de Moore: "Os nossos pensamentos estão com a família e com a comunidade."

John Moore tinha 86 anos e ser o Pai Natal não era apenas um trabalho. A sua barba era verdadeira e algumas crianças acreditavam mesmo que estavam perante o Pai Natal, segundo contam algumas pessoas que se cruzaram com Moore em Sussex, Inglaterra, onde vivia.

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.