Morre criança de 11 anos vítima de acidente em Rally da Corunha

Eleva-se para sete o número de vítimas mortais do atropelamento múltiplo sucedido sábado num dos troços do XX.º Rally da Corunha. É uma rapariga de 11 anos.

Uma criança de onze do sexo feminino é a mais recente vítima mortal do atropelamento ocorrido durante o XX.º Rally da Corunha que sucedeu no passado sábado, quando se despistou o Peugeot 206 conduzido por Sérgio T. Além desta rapariga, morreram seis outras pessoas e um adulto e uma outra crianças encontram-se em estado considerado muito grave.

Dos restantes 13 feridos, dez tiveram alta este domingo e o estado dos restantes três está a evoluir favoravelmente.

Veja aqui o vídeo do acidente:

Os jornais espanhóis dedicaram largo espaço ao sucedido no sábado, estando em curso uma polémica sobre o facto dos cortes de trânsito, motivados pelo decurso da prova, terem atrasado a chegada das ambulâncias, tendo o primeiro veículo chegado à curva onde se deu o acidente apenas meia-hora depois. Assim, foram as pessoas no local que tiveram de improvisar os primeiros socorros.

O facto de tantas pessoas se encontrarem concentradas numa curva onde os veículos passam a mais de cem quilómetros/hora neste troço, está a também a levantar interrogações sobre o comportamento dos comissários da prova.

Na Corunha, foram decretados três dias de luto oficial em memória das vítimas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG