Monte Evereste vai ser vedado a quem não seja um alpinista com experiência

Autoridades nepalesas estão a preparar-se para restringir o acesso à montanha mais alta do mundo.

O governo do Nepal vai limitar o acesso ao Monte Evereste a alpinistas experimentados, como forma de melhorar a segurança na montanha mais alta do mundo.

O ministro do Turismo, Kripasur Sherpa, afirmou que as regras deverão estar em vigor na próxima primavera, numa altura que centenas de turistas tentam a sua sorte na escalada do pico de 8848 metros.

Este responsável, citado pelo jornal bitânico The Guardian, concretizou que apenas quem demonstre que já tem experiência em escaladas acima dos 6500 metros receberá autorização para tentar chegar ao cume do Evereste.

"Não podemos deixar toda a gente subir o Evereste [correndo o risco de] morrer. Se a pessoa não está mental e fisicamente preparada, seria como um suicídio legal", disse o governante.

Nos últimos anos, tem sido crescente o número de alpinistas amadores ou mesmo apenas turistas que tentam escalar o "teto do mundo", ainda que a licença custe milhares de dólares.

Exclusivos