Milhares manifestam-se no Reino Unido

Pelo menos 80 mil pessoas manifestaram-se hoje em Londres contra os baixos salários e os cortes na despesa pública para diminuir o défice britânico, segundo os organizadores do protesto, a federação dos principais sindicatos do país.

A federação The Trades Union Congress (TUC, em português Congresso da União dos Sindicatos) acrescentou que outros milhares de pessoas saíram à rua em Glasgow, na Escócia, e em Belfast, na Irlanda do Norte, para se juntarem ao evento "A Grã-Bretanha precisa de um aumento de salário".

A manifestação foi o culminar de uma semana de protestos contra os baixos salários, como os registados entre funcionários do Serviço Nacional de Saúde, dos tribunais, dos centros de desemprego ou dos museus.

Os organizadores argumentaram que os salários diminuíram em média, por semana, 50 libras (63 euros) desde 2008.

O Governo britânico já assegurou que a austeridade deve continuar para equilibrar as contas públicas e que não pode aumentar os salários no setor público.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG