Turista israelita ataca no Sinai

Governo de Israel aconselhou na semana passada judeus a deixarem o Sinai depois das ameaças de ataques terroristas durante a Páscoa

Um turista israelita foi ferido hoje durante o que parece ter sido uma tentativa de roubo, à Noueiba, cidade balnear do Sinai.

Há relatos contraditórios sobre um incidente. Uns dão conta de um conta, mas segundo outros a vítima levou apenas alguns murros.

“Um trabalhador líbio esfaqueou um israelita que passava férias em Noueiba”, afirmou um responsável egípcio, que acrescentou que o agressor estava a ser procurado pelas autoridades depois de ter perdido o passaporte na fuga.

O turista ferido, cuja identidade não foi revelada, foi conduzido à vila israelita na fronteira, Eilat, para ser tratado.

Os turistas israelitas vão em grande número a estâncias balneares no sul do Sinai, banhadas pelo Mar Vermelho, apesar dos atentados terroristas de 2004 e 2006.

O Governo de Israel aconselhou terça-feira turistas israelitas a deixarem o Sinai por causa de ameaças de atentados durante a Páscoa judaica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG