Pelo menos 40 mortos no triplo atentado em Alepo

Pelo menos 40 pessoas morreram e 90 ficaram feridas em três atentados com viaturas armadilhadas no centro de Alepo, segunda maior cidade da Síria, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

"A maioria dos mortos e dos feridos são membros das forças governamentais. As explosões tinham como alvo o clube dos oficiais e psotos de controlo do exército", afirmou a organização não governamental, citando fontes médicas.

"O balanço poderá agravar-se porque há muitos feridos graves", precisou um responsável local que não quis ser identificado, pouco depois da explosão de três viaturas armadilhadas nos arredores de praça central da cidade, a Saadalah al-Jabari.

Imagens da estação de televisão pró-governamental al-Ikhbariya mostram os corpos a ser retirados dos edifícios danificados pelas explosões, além de uma enorme cratera no meio da rua, segundo a BBC.

Alepo tem sido palco de importantes combates entre as tropas leais ao Presidente Bachar al-Assad e os rebeldes, que dominam algumas zonas da cidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG