Militar suspenso por agredir pacifista dinamarquês

O exército israelita suspendeu um tenente-coronel por ter agredido no rosto um ativista pró-palestiniano dinamarquês numa barreira militar a norte de Jericó. As imagens da agressão estão a provocar uma indignação generalizada.

As imagens mostram uma altercação, numa barreira militar a norte de Jericó (Cisjordânia), entre soldados israelitas e um grupo de jovens ciclistas formado por palestinianos e ativistas estrangeiros.

VEJA AQUI O VÍDEO:

Num determinado momento, o tenente-coronel Shalom Eisner perde visivelmente o sangue frio, aproxima-se subitamente de um dos jovens e agride-o no rosto com a sua metralhadora. A vítima, Andreas, é um dinamarquês de 20 anos.

As imagens do incidente, difundidas pelo YouTube e pelas televisões israelitas, provocaram a indignação geral e levaram à suspensão do oficial enquanto se realiza um inquérito sobre o ocorrido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG