Liga Árabe classifica bombardeamento como crime de guerra

O secretário-geral da Liga Árabe, Nabil al-Arabi, qualificou hoje de "crime de guerra" o bombardeamento de Charjaya, nos arredores de Gaza, apelando a uma "paragem imediata" da ofensiva israelita no enclave palestiniano.

Nesta área, hoje, os bombardeamentos resultaram em mais de 60 mortos, ultrapassando os balanços diários registados desde 08 de julho, quando se iniciou a ofensiva israelita.

A trégua humanitária pedida pelo Comité Internacional da Cruz Vermelha só foi respeitada durante meia hora das duas horas previstas.

"O Governo da Palestina condena fortemente o horrendo massacre cometido pelas forças de ocupação israelitas contra civis palestinianos inocentes nos arredores de Charjaya", refere uma declaração do recente governo palestiniano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG