Líbano é um "exemplo" para o Médio Oriente

À chegada a Beirute para uma visita de três dias, Bento XVI saudou a convivência entre comunidades religiosas no Líbano, qualificando aquele país como "um exemplo" para o Médio Oriente.

"A convivência feliz, e bem libanesa, deve provar a todo o Médio Oriente e ao resto do mundo que no interior de uma nação pode haver colaboração entre as diferentes igrejas", garantiu o Papa num discurso à chegada ao aeroporto de Beirute.

"Este equilíbrio é delicado. Ameaça por vezes quebrar-se quando é submetido a pressões muitas vezes partidárias e estranhas à harmonia libanesa", acrescentou Bento XVI.

No avião que o levou ao Líbano, o chefe da Igreja católica elogiou a Primavera Árabe que levou ao derrube dos regimes ditatoriais na Tunísia, Egito e Líbia. "A Primavera Árabe é uma coisa positiva, um desejo de mais democracia, de liberdade, de cooperação, de uma identidade árabe renovada", afirmou Bento XVI.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG